quarta-feira, 8 de março de 2017

Brasil sem internet: 70 milhões de desconectados

Brasil banda larga sem internet
Brasil banda larga é um fiasco. Isso mesmo. De acordo com a pesquisa realizada no começo de 2017 pela internet.org, iniciativa do Facebook sobre conexão de internet a populações de baixa renda e áreas isoladas, mais de 70 milhões de brasileiros não têm acesso a internet, o que coloca o nosso país entre as dez nações com mais pessoas desconectadas no mundo.


Estima-se que mais de 4 bilhões de pessoas não têm acesso algum a internet ao redor do mundo. O número não é exato por que a pesquisa pega dados União Internacional de Telecomunicações e entrevistas com alguns especialistas do setor que realizaram pesquisas paralelas.

Infraestrutura e fatores econômicos contribuem para internet qualitativa

Os analistas e pesquisadores concluíram que países com fatores econômicos melhores conseguem investir mais na infraestrutura de dados e assim atinge uma parcela maior da população. Alguma nações conseguem oferecer internet em quantidade e qualidade na transmissão de dado. Com base nessa análise, eles criaram o ranking de internet inclusiva, que considerou 75 países em todo o mundo.

Suécia e Cingapura apareceram com o melhor desempenho, seguido pelos Estados Unidos.

Brasil banda larga é ruim

Nos últimos anos as empresas de telefonia e internet no Brasil cogitam a ideia de impor franquia de dados limitados para os clientes. A ANATEL, no governo Dilma, se não fossem as pressões populares, autorizaria tão efeito. De acordo com as empresas, essa ação poderia melhorar a qualidade da internet no país. Será?

Um dos fatores que contribui para que mais pessoas tenham acessos à internet é justamente a política de preço acessível. Adotar a ideia de internet limitada geraria custo maior para os usuários, dificultando ainda mais a inserção de pessoas no meio online.

0 comentários:

Postar um comentário